O que significa ETF? Como funciona? Como investir?

Muitos investidores de renda variável pensam em investir no exterior na forma de ativos como ETF, Reits e Stocks, mas você sabe o que significa ETF?

Assim, os ETFs estão na lista de possibilidade de investimento no exterior de muitos investidores brasileiros.

Diferentemente do investimento em Stocks, ou seja, ações de empresas listadas na bolsa americana em que o investidor escolhe as empresas, o ETF apresenta uma diversificação de carteira bem interessante.

Então, no artigo de hoje, vamos falar sobre os seguintes pontos:

  • O que significa ETF?
  • Como investir em ETF?
  • ETF paga dividendo?
  • Principais ETFs americanos.

Em seguida, vamos começar o artigo entendendo o significado da sigla ETF.

O que significa ETF? Como funciona um ETF?

Em primeiro lugar, é fundamental que o investidor entenda o que está sigla quer dizer, não é verdade?

A sigla ETF quer dizer exchanged traded fund. Numa tradução para o português o termo significa simplesmente fundos de índices.

Mas, me explica como funciona um ETF?

Normalmente os ETFs replicam algum índice de mercado como Ibovespa, S & P 500, ou mesmo o comportamento das ações de um conjunto de empresas.

Ou seja, a performance de um ETF está associada a esses índices.

Além disso, cabe ressaltar que os ETFs funcionam como um tipo de fundo de investimento que os investidores compram cotas e uma gestora executa as movimentações de carteira.

Além da gestão especializada, o ETF tem algumas características importantes, sendo a principal a diversificação da carteira de ativos.

Outro ponto interessante é a possibilidade de compra no mercado fracionário, ou seja, a comprar de parte de uma cota de um ETF.

Só para exemplificar, a figura 1 mostra as principais empresas que compõe o etf voo, um dos ETFs negociados na bolsa de valores americana.

o que significa etf
Figura 1: Principais empresas que compõe o ETF VOO. Fonte: etfdb.com

A figura 1 mostra que quando o investidor compra o ETF VOO ele está investindo em grandes empresas como Apple (AAPL), Microsoft (MSFT) e Tesla (TSLA).

Isso significa que na compra do ETF VOO, a pessoa investe nas 500 maiores empresas listadas na bolsa americana, sem se expor aos riscos individuais de cada empresa.

Certamente, essa é uma das grandes vantagens do investimento internacional em algum ETF americano.

Assim, este tipo de investimento é atrativo para quem deseja aplicar seus recursos no exterior com exposição a moeda estrangeira.

Mas, como é possível investir em ETF?

Calma que em seguida vou explicar de forma didática como é possível investir em ETFs americanos.

Como investir em ETF?

Então, o primeiro passo para começar a investir em ETF é a abertura de uma conta numa corretora americana.

Sem dúvidas, grande parte das corretoras facilita o processo de abertura em formulários simples e com custo zero.

Atualmente, existem diversas opções de corretoras que operam no mercado americano, sendo as principais: Avenue e Passfolio.

A Avenue Investimentos é a maior corretora americana destinada ao atendimento de brasileiros.

De acordo com o site da corretora, a empresa atende atualmente mais de 300 mil brasileiros, com uma plataforma que permite investimentos internacionais de forma simples.

A corretora Passfolio é uma fintech com sede em São Francisco que tem como foco ofertar um app simples e seguro para operações financeiras no mercado americano.

O segundo passo para investir nestes ativos é fazer um depósito via TED ou PIX para a sua conta na corretora.

O depósito é feito em reais e há uma taxa de conversão cambial que transforma a quantia aplicada em dólares.

Em seguida, como terceiro passo, basta o investidor montar sua carteira de investimentos com ETF.

Agora que você já entendeu o que significa ETF e como investir nesses ativos, vamos responder uma outra dúvida dos investidores: será que os ETFs pagam dividendos?

ETF paga dividendo?

Uma dúvida comum dos investidores iniciantes é se os ETFs pagam dividendos como outros ativos negociados na bolsa como os fundos imobiliários.

Certamente, um ETF paga dividendo, mas com uma frequência menor que os FIIs, por exemplo.

Entretanto, é importante lembrar que alguns ETFs como os ETFs de ouro e prata não pagam dividendos, pois são atrelados a cotação de mercado desses materiais.

Só para exemplificar, a tabela 1 mostra o pagamento de dividendos dos principais ETFs negociados na bolsa americana.

ETFDividend Yield (%)
VOO ETF1,38
ETF VNQ3,05
IJS ETF0,81
ETF NOBL1,88
SPY ETF1,31
Tabela 1: Dividend Yield (%) de alguns ETFs. Fonte: etfdb.com

Dessa forma, ter um ETF na carteira é saber que esse ativo significa um potencial gerador de renda passiva no futuro.

Contudo, assim como qualquer ativo de renda variável, pode acontecer a valorização da cotação com ganho de patrimônio.

Atualmente, o DY de ETF americano pode parecer baixo, contudo é importante lembrar que a economia americana tem uma taxa de juros muito baixa.

Assim, o recebimento de valores como 2 % ao ano é bastante interessante.

Quais os principais ETFs americanos? O que significa cada sigla?

Sem dúvidas, existe um número grande de opções de ETFs americanos negociados na bolsa de valores americana.

Então, o investidor pode se deparar com ETF de ouro, prata e até ETF de cannabis.

Por isso, a diversificação de ETF negociado no mercado americano é absurda e isso pode ser um problema na hora de escolher algum ativo para investir.

Ainda assim, para facilitar a vida do investidor, a seguir tem a descrição dos principais ETFs negociados na bolsa americana.

O ETF voo, ou Vanguard S & P 500, replica o índice S & P 500 que é composto pelas 500 maiores empresas americanas listadas na bolsa.

Além disso, o investidor pode comprar ETF de empresas pagadoras de dividendos como o NOBL, ou ProShares S & P 500 Dividend Aristocrats, ou ETF que investe em empresas small caps como o ETF IJS, ou IShares S & P Small-Cap 600.

Outro ETF bem interessante é o VNQ, ou Vanguard Real Estate, que é um ETF de fundos imobiliários americanos, ou Reits.

Em adição, ainda existe o ETF de ouro ProShares UltraShort Gold, ou GLL, e o ETF de prata SLV, ou simplesmente IShares Silver Trust.

Conclusão

No artigo de hoje, você aprendeu o que significa ETF, como funciona e como é simples investir em ETFs americanos.

Assim, para fins de diversificação de carteira, faz sentido pensar em fazer investimentos internacionais como os ETFs.

Por hoje é só!

Um forte abraço,

Fábio Lirio.

Deixe um comentário